PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Carência Zero

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 24,50

A partir de 3 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
Plano dental mei

Plano dental mei

Plano dental mei

Algumas informações sobre Plano dental mei:


O Mercado de prestação de serviço tem gerado alta demanda, e um enorme impacto aconteceu nos últimos anos, tudo isso devido ao novo modelo do mercado, e a entrada de novos consumidores, que antes não tinham condições para acessar alguns serviços, entretanto com algumas mudanças ao longo dos anos, passou a consumir, e a atenção deve estar voltada a conquistar esse consumidor para gerar novas receitas. São os casos dos planos odontológicos para CNPJ e MEI, que além de atender o titular, tem como benefícios que seus dependentes podem fazer plano dental MEI. Por esse motivo, neste artigo vamos tratar de explicar tudo sobre o plano dental para MEI.

O que é o plano dental?

Afinal o que é plano dental? Para exemplificar de forma prática vamos imaginar que o plano dental é extremamente parecido com os tradicionais planos de saúde, muito comum na família brasileira, e a dinâmica do plano dental para MEI funciona da mesma forma.

A Dinâmica é simples, a clínica ou consultório de odontologia faz o processo de cadastramento e ganha o direito de atender a demanda gerada por aquele plano de saúde, entrando assim na base de clínicas selecionáveis aos pacientes, podendo prestar os serviços de especialidades daquela clínica, na outra ponta o plano de saúde é responsável por gerenciar a demanda, e organizar as diversas especialidades.

E mesmo tendo um intermediário e tendo maiores possibilidades de escolha, o serviço não se torna mais caro, ocorre ao contrário, pois com a gestão e a demanda alta o valor diminui.

Vamos supor que uma clínica queira trabalhar com todas as especialidades ao invés de ter um plano dental para MEI,a primeira etapa demandaria ter um espaço físico enorme, para que houvesse capacidade de atendimento, seriam necessários uma vasta quantidade de dentistas para atender com qualidade em cada especialidade, além de se preocupar com campanhas para trazer o cliente, e reter aquele cliente com periodicidade.

O ecossistema desse negócio vai ter diversas ameaças, inclusive a de não conseguir fechar a conta devido a extensa quantidade de custos para sustentar a enorme estrutura.

Para contratar, é possível procurar por corretores que atendam de forma personalizada, e/ou diretamente por empresas que oferecerem plano dental para MEI, já em contato com qualquer que seja o canal basta encontrar a oferta que caiba no perfil, e ainda nesse artigo vamos trazer dicas de como escolher seu plano dentário para MEI.

As condições de pagamentos para plano odontológico para MEI,variam de acordo com cada empresa, mas é comum que o pagamento seja mensal, podendo colocar direto no cartão de crédito, cadastrado em débito automático, ou fazer pagamento via boleto, e outros meios de pagamentos.

Por mais básico que seja o plano dental para MEI selecionado, alguns serviços são obrigatórios, como limpeza, remoção de tártaro, limpeza de placas bacterianas, tratamento de cárie entre outros, mas vamos abordar a obrigatoriedade mais para frente.

Existem também os planos com cobertura maior, que vão ter entre os seus benefícios, tratamentos estéticos, cirúrgicos entre outros processos de maior complexidade e que necessitam de bons especialistas.

Por esse motivo voltamos a destacar a importância de uma boa escolha do plano dental para MEI.

A verdade sobre a melhoria das ofertas desse tipo de plano, isso ocorre por conta do aumento da demanda por serviços como os planos odontológicos para CNPJ e MEI.

Plano dental x Plano de Saúde

Primeiro vamos destacar que há diferença entre o plano dental e o plano de saúde tradicional, onde no plano de saúde tradicional, em grande parte dos contratos, tem benefício odontológicos, entretanto, há uma grande parte dos serviços possíveis que não se enquadram em plano de saúde, e o fato de ter muitas outras áreas da especialidade médica, o valor da mensalidade é maior.

No plano dental para Mei é possível gerar uma economia de até 80% em relação aos planos de saúde, tendo a vantagem de ter serviços exclusivos da área de odonto e contar com um grande número de especialistas.

Manutenção da saúde bucal

A saúde bucal é algo extremamente importante, pois um belo sorriso e um bom hálito faz parte do nosso cartão de visitas, então realizar a higiene básica de rotina como escovar os dentes e a língua, passar o fio dental, e usar enxaguante bucal, são apenas rotinas básicas, e não garantem a ausência de nenhum problema.

Para que a saúde esteja perfeita é necessário manter frequência de visita ao dentista, cerca de 6 meses é tempo suficiente para voltar ao consultório, é importante lembrar que o dentista é um especialista capacitado para encontrar problemas e tratá-los. Outra demanda de serviços que tem apresentado crescimento são os de estética odontológica.

É importante ressaltar que o MEI é um regime onde há um faturamento mensal como teto, além de ter as suas despesas da execução do seu serviço descontados dentro desse valor, dessa forma, é importante que o plano tenha um valor acessível, ao invés de recorrer ao particular.

Por que ter plano dental para MEI?

1 - Regularidade proposta pelos dentistas

Quando fechamos um plano dentário para MEI, tanto o titular quanto os dependentes podem fazer plano dental MEI, e assumimos um compromisso mensal financeiro, e ao mesmo tempo, nos atentamos a manter a regularidade, e ao manter a frequência, o dentista passa a conhecer o histórico clínico da família e do titular, e dessa maneira pode acompanhar com maior qualidade.

E como já citado anteriormente, não é ruim para clínica estar recebendo o paciente com frequência, embora a receita seja menor, o volume torna-se rentável, não sendo necessário se preocupar com a qualidade do serviço da clínica, além de não deixar horários vagos e muita ociosidade nos processos.

2 - Custo benefício

Ao contratar um plano dental para MEI, estamos assegurando um investimento pessoal,e para a família também, pois dependentes podem fazer plano dental MEI e esse investimento gera economia de algumas formas, a mais simples dela quando comparamos valores diretos da mensalidade e o custo de usar de forma particular a cada 6 meses.

Vamos supor sobre o valor do plano de R$ 70,00 mensais, num período de 6 meses o desembolso será de R$ 420,00, durante os seis meses o cliente poderá usufruir de vários serviços, por outro lado ao optar pelo particular, em uma consulta com preço médio da capital de São Paulo, vai pagar pela consulta odontológica R$ 200,00, e por uma limpeza e aplicação de flúor em torno de R$ 300,00, o que já supera os R$ 420,00 investido no plano dental para MEI, sem poder contar com os demais serviços básicos.

Limpezas, tratamentos de canal, restaurações, aplicação de flúor e extração de dentes, por exemplo, são procedimentos comumente cobertos pelos planos odontológicos.

Também há economia, quando consideramos situações emergenciais, onde estão previstos dentro dos planos o suporte, e quando a situação emergencial ocorre, a previsão é que custe até 3x o valor comum dos tratamentos quando trata-se dos dentistas particulares.

Outro importante forma de entender economia, é que a grande parte da população que faz consultas particulares é que não realizam no período sugerido, e nessa janela de tempo entre uma consulta e outra, pode acontecer algum problema que só vão verificar caso sintam dores, e nessas condições pode não ter mais tratamentos simples ou baratos, e com certeza o desembolso será maior.

3 - Melhora a Saúde bucal

A frequência é a grande aliada da boa saúde bucal, pois dessa forma diagnósticos sobre problemas serão realizados rapidamente, e assim o inicio do tratamento é imediato, normalmente sendo simples e barato para tratar, uma ou outra vez pode ser que tenha que fazer algum pagamento daquilo que não está coberto no plano dental para MEI selecionado.

Imagine que entre uma ou outra consulta, no intervalo de 6 meses, surgiu uma cárie, ao retornar ao dentista, será identificado, e tratado, com total eficácia e logo o cliente não terá mais esse problema, um cliente sem frequencia só saberá realmente que há um problema quando sentir dores, e ao ir no consultório pode descobrir que será necessário fazer direto o canal.

Logo concluímos que a frequência é uma importante ferramenta na prevenção de problemas graves, sempre com diagnósticos no início do problema e com intervenção imediata.

4 - Serviço regulamentado e acompanhado por órgãos sérios.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é responsável por qualquer plano odontológico, e o órgão determina que algumas obrigatoriedade para o funcionamento do plano dental para MEI,são elas:

  • Próteses
  • Limpeza de Cáries
  • Remoção de tártaro
  • Tratamento de canal
  • Exames radiológicos
  • Consultas e profilaxia
  • Cirurgias simples como de extração de dentes
  • Tratamento de canal e colocação de próteses básicas

Sabendo que há serviços obrigatórios, é importante verificar se o plano oferecido presta esses serviços com qualidade. Outro benefício oferecido ao plano dental para MEI é o atendimento em situações emergenciais.

5 - Consulta com dentista que pertence a rede de atendimento.

O processo de cadastramento de uma clínica para atender determinado plano odontológico para MEI, é longo e detalhado, a clínica precisa demonstrar que o seu processo tem a qualidade exigida, que tem uma equipe preparada, e que segue todas as normas sanitárias para prestar aquele serviço. Essa análise traz segurança ao consumidor, pois há um órgão que acompanha e obriga que as empresas que vendem os planos façam valer as orientações. É comum que o plano odontológico busque por ter em seu portfólio para o plano dental para MEI, o maior número de especialidades possível, pois fará parte da sua abordagem de vendas ter capacidade de atender a toda e qualquer situação. Se por acaso já tem o costume de ser atendido por um dentista conhecido, é importante verificar se está credenciado, pois os não credenciados não podem atender, exceto se o cliente quiser pagar a consulta particular.

6 - O que fazer quando precisar de remédio ?

Ao fechar o plano, não há nenhum suporte para a compra de remédios, afinal, o dentista pode prescrever remédios, mas não pode vender no seu consultório, mas de toda forma é comum o plano ter convênio com redes de farmácia para que o medicamento prescrito tenha desconto.

7 - É possível colocar aparelho ?

Um dos principais serviços que são prestados pelos consultórios são as colocações de aparelho, afinal o Mei pode fazer plano dental empresarial, imaginando justamente em usar o aparelho para os seus filhos ou para ele mesmo. Mas como tratamos acima, não é um serviço obrigatório pela ANS,porém, pela demanda é amplamente atendido, e um desejo muito comum do consumidor quando vai escolher o plano dental para MEI.

Como escolher seu plano dental para MEI?

Já sabemos as vantagens e por que ter um plano odontológico, considerando a economia, as facilidades e a qualidade, agora, vamos tratar de entender o que considerar para escolher um plano que apresente o melhor custo benefício. Para fazer uma boa escolha, vamos dividir em 5 dicas, para ser assertivo, num mercado que em 10 anos cresceu 86% segundo os dados gerais da ANS.

1 - Localização das clínicas

Não adianta contratar o plano dental para MEI, se os consultórios estão longe de onde costumamos circular, seja próximo de casa, do trabalho, da escola ou de outro lugar comum de irmos, no momento da escolha é muito importante verificar se há próximo a você consultórios das mais diversas especialidades para te atender quando necessário.

A maioria das empresas tem clínicas cadastradas por todo Brasil, porém quanto mais acessível for mais prático será de utilizar os benefícios, uma dica importante é considerar inclusive a região do pronto atendimento,para em situações de emergência estar perto de uma delas, por que esse é o momento em que o atendimento deve ser rápido e prático.

2 - Análise de Preço

O MEI pode fazer plano dental empresarial, mas sempre o preço será um dos grandes pontos a serem analisados, pois não pode ser um valor que cause tanto impacto no orçamento familiar, por esse motivo é importante pensar exatamente quais são os serviços que vão atender, para não fechar um pacote mais caro onde não aproveite os benefícios daquele pacote.

3 - Pesquise se pode ter dependentes no plano

É muito importante dar acesso aos dependentes, por isso a ANS garante o direito de ter dependente de relações estáveis (cônjuges), e em alguns planos é possível incluir dependentes como filhos, pais, tios ou outros parentes. Além de ter dependentes no plano, é importante entender se os benefícios recaem sobre ele, ou se o mix é diferente.

3 - Verifique a cobertura do plano

Quando falamos sobre a cobertura do plano de saúde, estamos falando dos serviços que podemos usufruir dentro daquele plano selecionado, a ANS obriga uma lista de alguns serviços obrigatórios para ser coberto em qualquer plano de saúde, mas fora isso existem muitos outros, e nesse momento é onde temos as maiores dúvidas. Afinal o que de fato vamos ou não usar nos Planos Odontológicos para CNPJ e MEI?

É importante para essa etapa, ter alguma orientação, seja um corretor, ou seja um Dentista, pois já são mais de 100 serviços diferentes, distribuídos em tratamentos de prevenção, tratamento de gengiva, limpezas, restaurações, tratamento de canal, radiologia, consultas, extrações, cirurgia, tratamento estético, atendimento emergencial, e outros diversos.

4 - Verifique o período de Carência.

Assim como os planos de saúde tradicionais, os planos odontológicos também têm um período de carência para ter certos serviços prestados de acordo com o plano escolhido.

A diferença é que no mesmo plano pode ter diversos períodos de carência distintos, de acordo com cada modelo de contrato, por exemplo:

Carência de 1 dia: Para serviços de emergência, onde o paciente apresenta quadro com dor.

Carência de 90 dias: Se o caso for de um procedimento simples, que envolve tratamentos leves como pequenas cirurgias, tratamento de canal, cárie, ou seja tratamentos que podem esperar um pequeno período, porém não podem permanecer para não haver complicações.

Carência de 180 dias: normalmente a carência longa está ligada a serviços complexos, ou a serviços que não haverá prejuízo com a espera, e que são realizados por dentistas especializados, por exemplo, próteses dentárias, clareamento dental, aplicação de lentes, procedimentos estéticos, entre outros.

Todos esses períodos de carência são apenas como exemplo, para ilustrar a lógica na distribuição dos períodos. Da mesma forma que os planos de saúde, os planos odontológicos também têm um período de carência para a realização de determinados procedimentos. Podemos dizer que a carência é um período que o usuário não pode usar o plano, mesmo pagando a mensalidade em dia. Geralmente, o período de carência pode variar bastante e tudo depende da política da empresa que oferece o plano odontológico.

Vantagens do Plano dental para MEI

Ter acesso ao plano odontológico, na condição de Microempreendedor Individual, é uma enorme vantagem, pois será tratado como pessoa jurídica, acessando melhores valores para fechar. Ou seja, o esforço é notável para atender essa demanda, mas enfim vamos falar sobre o que é exatamente o MEI, e esclarecer se você leitor pode ter acesso a esse tipo de serviço.

O que é o MEI

Microempreendedor Individual, é um programa criado pela Lei Complementar n.º 128/08, essa lei criou um mecanismo totalmente diferente, para melhorar a vida do empreendedor brasileiro, principalmente aqueles que sofriam com a burocracia e com regime tributário complexo.

O sistema conta com a abertura pelo próprio portal sendo totalmente online, o regime tributário é simples e o processo é prático e sem burocracia. Graças ao MEI, muitas atividades que antes tinham dificuldade para se formalizar como empresa, foram regularizadas, pois antes havia dificuldade em trabalhar com os outros regimes, com carga tributária complexa, compromissos que geram custos que impactam diretamente no resultado financeiro.

Com a regularização, atividades das mais variadas passaram a ser formal, como os autônomos, prestadores de serviço, pequenas lojas dentro de box, pequenas atividades industriais, pescadores, artesãos, artistas, músicos entre outros.

A formalização da acesso a um CNPJ válido, e com isso é possível emitir Nota Fiscal, ter acesso a crédito bancário, programas de incentivo do Desenvolve SP, tem acesso aos benefícios da Previdência Social e acesso a serviços voltados, como é o caso do plano dental para MEI.

Ter um CNPJ além de dar acesso a benefícios, torna o empreendedor mais competitivo, tendo condições especiais de pagamento e de preço com seus fornecedores, além de ter maior credibilidade ao emitir uma NF do serviço ou produto. E por fim o MEI pode registrar um colaborador, com um salário mínimo.

Por que o MEI tem acesso a essas vantagens?

O Brasil é um país com mentalidade empreendedora, uma pesquisa em 2019 da consultoria McKinsey, apresentou um resultado que em 40% da população economicamente ativa (que está em idade para trabalhar) tem como fonte de renda atividades empreendedoras, e esse número com certeza continuará crescendo, devido a expansão de aplicativos como UBER, IFOOD entre tantos outros que geram renda.

O MEI no final de 2020, já totalizava 11,3 milhões de microempreendedores em atividade, um salto de 20% em relação a 2019, e esse crescimento em ano de pandemia e muita incerteza no mercado.

A taxa de crescimento expressiva demonstra que há um novo mercado com capacidade de consumo e por isso tem disponível o plano dental para MEI, afinal fica claro a alta demanda de consumidores.

Esse novo mercado antes não costumava consumir esse tipo de serviço, e agora o novo consumidor deverá ser educado para que possa aproveitar oportunidades como essa. Muitos desses serviços se estendem também aos dependentes, tornando o benefício disponível para toda a família, como o plano dentário para MEI.

Para que possamos compreender o que é esse volume, basta caminhar pelo bairro e veremos, pequenos lojas dentro de box vendendo capinhas de celular, cabeleireiros, ao pegar um UBER ou pedir um IFOOD, ao comprar uma semi jóia ou bijuteria artesanal, ou muitos outros exemplos de microempreendedores que participam do nosso dia a dia.

Esse número tende a continuar a crescer, o IBGE publicou em 2019, que cerca de 24,3 milhões de brasileiros estão no mercado informal, e não têm acesso aos benefícios citados, e estão desprotegidos no sentido jurídico, o que indica que há muito espaço para empresas aproveitarem pois o MEI pode fazer plano dental empresarial

Agora que já sabe tudo sobre o plano odontológico para MEI, suas vantagens e benefícios, aproveite para aplicar esse conhecimento na sua saúde!

Whatsapp Ideal Odonto Whatsapp Ideal Odonto